Categorias
Prevenção

Prevenção Da Dengue – Aedes Aegypti E Zika

Muito se confunde quando o assunto é prevenção. É claro, atuar com a prevenção é ajudar a fortalecer os laços do combate de algo. Quando o assunto é prevenção da dengue, nada muda, e as pessoas precisam estar conscientes dos perigos que estão correndo. A dengue é uma das doenças que mais afetam a saúde pública, dentre 50 e 100 milhões de cidadãos são infectados pelo vírus da doença todos os anos, ao redor do mundo.

Esses casos não acontecem com frequência na Europa, mas de uns anos para cá há um alerta sobre a doença. De certa forma, a região ainda não teve a presença ilustre do mosquito da dengue em proporções preocupantes.

Alguns casos na espanha foram registrados, mas nada comparado ao Brasil e outros países do mundo.

Por mais que a dengue aparente não ser tão preocupante, a dengue clássica pode se desenvolver se o infectado não se cuidar e com isso, os quadros podem mudar e haver uma evolução do vírus. Essa evolução pode fazer com que o vírus passe da doença clássica para dengue hemorrágica ou síndrome de choque, que são estágios ainda mais agressivos.

A dengue hemorrágica ou síndrome de choque da dengue são conhecidas por seus sintomas que podem levar a óbito, por isso é importante prevenir contra a dengue. Sangramentos e quedas de pressão arterial são comuns nos casos e relacionado a síndrome de choque, pode haver até mesmo perda da consciência e funções neurológicas específicas.

Com todas essas informações, nós deveríamos montar ainda mais grupos para atuar na prevenção da dengue. Tarefas simples como retirar recipientes que armazenam água de chuva, limpar calhas, caixas d’água e muito mais podem ser feitas em poucos minutos em um dia da semana.

Prevenir a dengue

As formas de prevenção da dengue

Métodos de prevenção são essenciais para qualquer doença que possa se tornar uma epidemia. O governo do país possui ações de combate, mas o ideal mesmo seria poder contar com a colaboração em massa do país. Assim como há manifestações contra governantes, manifestações de prevenção da dengue também poderia ser uma ótima estratégia para conscientização.

As vacinas

Há muitas maneiras de se prevenir contra a dengue, dentre elas estão as vacinas. Já foram desenvolvidas as vacinas que ajudam na prevenção do vírus, porém, no Brasil existe apenas a que foi desenvolvida por uma empresa da França, a Sanofi Pasteur. As vacinas com a presença de vírus reduzidos são usadas para um efeito imunológico, assim, se houver casos de infecção, o corpo saberá como eliminar o novo hospedeiro.

A vacina foi produzida com os vírus reduzidos e é considerada tetravalente, o fator que indica sua eficácia para os 4 sorotipos da doença. Sua composição possui o vírus de origem vacinal referente a febre amarela, com isso, a vacina possui uma segurança ainda maior.

Além da única vacina, o Brasil está estudando em cima de uma nova vacina que está em fase de teste no Instituto Butantan. A vacina também possuirá os vírus de forma atenuada e a fase de testes já está na terceira, onde cerca de 17 mil voluntários estarão sob observação. Parte deles irão receber a vacina desenvolvida e o restante receberá uma vacina de mascaramento.

Off Topic: A Saúde é muito importante, por isso sempre tenha cuidado com a sua pele também. E por falar em pele fica a recomendação do Detox 3D do Miranda e André aqui. Fica a dica, vai te dar muitas dicas de como cuidar e ter uma pele mais bonita.

Menina tomando vacina

Evitar os acúmulos de água

Essa é uma das partes mais importantes para interromper a vida dos focos de mosquito e se prevenir contra a dengue. As fêmeas do Aedes Aegypti colocam seus ovos em água parada e quando encontra este estado ideal, em poucos dias podem ser desenvolvidos uma quantidade considerável de mosquitos transmissores.

Virar garrafas, levantar pneus, retirar a vegetação do quintal, eliminar poças e muito mais pode ser um ato de ajuda na prevenção da dengue. O jardim é um ótimo criadouro de mosquitos, sejam eles os mais comuns ou até mesmo os mais perigosos.

Virar garrafas para não acumular aguá parada

Use telas

Fazer o uso de telas nas janelas de casa pode ser essencial. Principalmente quando os casos de dengue começam a ser considerados surtos dentro das regiões. Se você mora na área urbana, as telas nas janelas só precisam ser colocadas mas se você mora na zona rural, deve fechar as portas ao entardecer e possuir as telas para a circulação de ar em casa sem maiores problemas.

Nas áreas rurais, por ter maiores quantidades de vegetação, as chances podem ser ainda maiores quanto a infecção. Principalmente no verão, quando o clima está perfeito para a criação, deve-se manter a família inteira unida na prevenção da dengue. Antes de incluir as telas, certifique de que não há criadouros dentro da residência. Uma faxina é recomendada neste caso!

Usar telas em janelas

Inclua areia nos vasos das plantas

Os pratos que seguram os vasos de plantas são ótimos criadouros para o mosquito da dengue. Principalmente pela cor, fica difícil identificar o que está acontecendo dentro dos pratos. A dica mais adequada é evitar usar os pratos sem areia, ou usa os pratos preenchidos ou é melhor não fazer seu uso para a prevenção da dengue.

A areia tem o papel fundamental, neste caso, de ficar umedecida e com isso, não existirá água parada. Consequentemente, os focos de mosquitos não serão estabelecidos ali.

Mas vale lembrar também que a gente tem um excelente artigo falando do Detox Shake. Eu recomendo muito, vale a pena dar uma olhada.

Colocar areia em vasos para prevenir o mosquito da dengue

Conscientize-se sobre seu lixo

As sacolas de lixo devem sempre permanecer na presença de uma tampa e jamais expostas à chuva. Se você possui um latão de lixo que fica em frente a sua casa para auxiliar na limpeza urbana, verifique se ela não está acumulando água. E claro, se estiver acontecendo, providencie uma cobertura para ela.

Não elimine seu lixo em valas ou margens de rios, além de ajudar a preservar o meio ambiente você garante que não haverá obstrução, o que evita o acúmulo e enchentes.

Fechar lixos

Use desinfetantes em ralos

Ralos minúsculos dos banheiros e cozinha pedem uma limpeza ainda mais intensa.  Se você tem o costume de fazer a manutenção com o uso de água sanitária e desinfetantes, pode ficar despreocupado. Se por outro lado você não tem costume, a dica é que você comece a colocar em prática.

Existem muitas outras formas de manter o ambiente limpo e longe dos focos da do mosquito. A prevenção da dengue deve ser constante e não pode cair no esquecimento da população

Usar desinfetantes em ralos

Referências:
https://www.minhavida.com.br/saude/materias/11617-prevencao-da-dengue-10-dicas-para-se-cuidar
http://www.dengue.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=6
http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/dengue

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *