Categorias
Combate a Dengue Como Combater

Mobilização Contra Dengue

Quando mencionamos Aedes Aegypti você á deve imaginar diversas coisas que associam a doença. A prevenção da dengue é e deve ser um fator de importância para a sociedade, principalmente quando paramos para notar o que as estatísticas estão querendo nos alertar. O Ministério da Saúde e a OMS (Organização Mundial da Saúde) já foram atrás dos números para o ano de 2019 e a situação parece estar grave.

Não podemos dizer que o Brasil possui um estado epidêmico, mas os casos estão elevados quando colocamos em comparação o mesmo período do ano anterior. A explicação pode ser devido a mudança sazonal do país, que consequentemente muda os fatores ambientais, podendo deixar as pessoas mais suscetíveis ou não.

O fator que pede as mobilizações contra o foco do mosquito aedes aegypti estão visíveis, o aumento desses números pode ocasionar situações epidêmicas nas regiões em que mais ocorre a doença. O Tratamento contra a dengue não é somente aquele que o médico passa ao infectado e também, as ações em residências e áreas com grande teor de acúmulos de lixo e até mesmo lugares com muitas poças.

Mas o que pode ser feito? Como mobilizar as pessoas para que juntos possamos ir a luta contra esse vírus que mata milhares de pessoas pelo mundo? Como incentivar as crianças e idosos no combate? Tudo isso, podemos ver a seguir!

Mosquito da dengue

Como mobilizar crianças e adultos

Não podemos dizer que essa será uma tarefa simples, pois nem sempre é. Os adultos estão muito ocupados com suas tarefas diárias e as crianças só querem brincar em seus tempos livres. Mas existem as formas corretas de ajudar na prevenção da dengue, principalmente quando um local possui um alerta. Neste momento é que se deve tentar unir o máximo de pessoas possíveis para os mutirões.

Na verdade, o ideal seria o cuidado antes de um alerta mas na grande maioria das vezes, os alertas ocorrem após grandes chuvas e o início de pacientes em grande escala nas unidades de saúde. É um momento um tanto difícil de identificar, pois é preciso da ajuda dos registros. Mesmo que assim seja, realizar mutirões fora de época sempre será uma boa ajuda, principalmente em relação aos lixos.

A prevenção da dengue deve começar dentro de casa e progredir para a rua. Em sua residência é o lugar mais possível de ser contaminado, pois é onde você tem o hábito de repousar e ficar tranquilo. Os maus cuidados dentro de casa podem ser ideais para uma infecção.

Quando você estiver ciente de que é preciso se unir com outras pessoas para uma limpeza geral de prevenção da dengue, certamente a solução pode estar próxima e muita coisa pode ser evitada. Se você possui filhos, existem formas de abordar o assunto com eles. Os jogos sobre a dengue é uma ótima estratégia e até mesmo nas escolas, uma conversa com os professores podem ajudar na conscientização das crianças.

Há muitos grupos no facebook, aplicativos de celular e outros meios que ajudam a identificar as mobilizações que estão ocorrendo. As regiões tropicais e subtropicais são as áreas mais afetadas e por isso, nesses locais, as ações devem ser ainda mais intensas. A prevenção da dengue deve acontecer a todo momento, cada vez que alguém sair para limpar um quintal ou ajudar um vizinho nessa limpeza, ambos ganham!

Cuidados contra a dengue

Como o governo atua na prevenção da dengue

A ajuda que o governo dá é importante mas não possui a eficiência que deveria, principalmente em momentos de surtos. Você já deve ter recebido um agente de saúde que apareceu com a finalidade de verificar como está a situação de sua residência; essa é uma das formas de prevenção. Há também os mutirões organizados de tempo em tempo, e para participar de um deles basta fazer uma pesquisa na internet referente a sua região.

Pouco se sabe sobre a atuação do governo nessas horas, e é um dos problemas que mais estamos enfrentando. A atenção para a saúde está cada vez mais precária e se nós não tivermos a ação de cuidar de nós mesmos, situações péssimas podem vir a acontecer. Como já mencionamos, o Tratamento da dengue não é somente aquele com medicamentos, precisamos tratar o país inteiro por meio das mobilizações.

Como levar o assunto para as escolas

Se tem um público que adora ajudar, são as crianças. É impressionante a força de vontade delas para ajudar na prevenção da dengue. Para que essa ajuda seja bem recebida, é preciso de alguns métodos aplicados em sala de aula e claro, de forma totalmente lúdica.

As crianças possuem uma forma de aprender muito rápida através de meios que movem sua criatividade. Uma vez que for identificado um projeto de conscientização para crianças sobre o surto e as formas de prevenção e tratamento da dengue, este deve ser imediatamente aplicado. Dentre as formas de aprendizado mais ideais estão a apresentação de animações, os teatros e as pinturas.

Uma outra forma de conscientizar os pequenos é organizar uma mini mobilização somente para eles, assim, eles terão o que contar para os pais e estes também podem ser levados a agir. O importante mesmo é incluir todas as idades na prevenção da dengue, quanto mais pessoas unidas, mais eficaz será o movimento.

Passar repelente para combater a dengue

O que pode ser feito em casa

Em casos de surto, a sua casa deverá ser o primeiro local analisado. Se você não possui telas de controle, compre algumas e instale-as. Se você não faz o uso de repelentes, faça por um tempo, pois pode ser uma prevenção ideal. Se você possui um quintal, atente-se em como ele está e se apresenta acúmulos de água parada.

Identifique recipientes que podem estar sendo usados como criadouros e elimine-os. Use água sanitária e desinfetante nos ralos de sua casa, isso ajudará a evitar a presença indesejada de mosquitos. O primeiro passo é cuidar de onde moramos no ato de prevenção da dengue e em seguida, cuidar da situação de nossos vizinhos.

Se seu vizinho não quiser participar, peça-o que você faça uma limpeza na área dele. Cuidar uns dos outros é uma boa atitude!

Como passar repelente contra dengue

Leia também: Xanimal;

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *