Categorias
Saúde

Saiba como criar uma boa rotina alimentar para o seu filho

Em casa ou na escola, as crianças precisam de comida cheia de nutrientes. Ter horários para as refeições é a primeira dica.

Quando o assunto é saúde, manter uma alimentação saudável e balanceada é pré-requisito básico. A regra vale para pessoas de todas as idades, mas deve ser uma preocupação a mais se estamos falando das crianças, pois elas têm necessidades nutricionais específicas, afinal, precisam crescer e se desenvolver.

Quem tem crianças em casa precisa fazer um planejamento de rotina para garantir que elas comam bem. Esse planejamento começa com a lista de compras do mercado, que deve priorizar alimentos frescos em detrimento dos industrializados. Além disso, é importante também ter uma rotina para colocar todos os hábitos saudáveis em prática. Reunimos, a seguir, dicas de nutricionistas em alimentação infantil.

Estabeleça horários

É muito importante que as crianças tenham uma rotina bem definida, com horário para dormir, para brincar e também para se alimentar. Ter hora certa para as refeições ajuda as crianças a sentirem fome e a comerem melhor. Sempre que possível, evite as exceções. 

O melhor horário é aquele que se encaixa bem na sua rotina e na da criança. Mas, em geral, elas precisam de, pelo menos, cinco refeições: café da manhã, lanchinho, almoço, lanche e jantar. Um copo (ou mamadeira) de leite antes de dormir também pode ser uma boa ideia e ajudar até no ritual do sono.

Crie momentos agradáveis

Em muitas casas, a hora de comer é uma guerra entre pais e filhos, mas não precisa ser assim. Crie momentos agradáveis à mesa, sentando-se junto e conversando sobre o dia de vocês, por exemplo. Se você é criativo, dá para montar pratos divertidos, brincando com as cores e as formas dos alimentos. 

Planeje um cardápio balanceado

Durante a infância, a alimentação precisa ser rica em vitaminas, carboidratos, proteínas e minerais. Basicamente, o prato precisa ser colorido e diverso, incluindo a oferta de frutas e legumes. 

A combinação brasileiríssima de arroz, feijão, proteína (animal ou vegetal) e salada é perfeita também para as crianças na hora das principais refeições. Para os lanches, as frutas são ótimas, mas você pode optar por várias receitas gostosas e saudáveis. A internet está cheia delas, mas a maioria exige colocar a mão na massa.

Preze pela variedade

As crianças precisam de todos os nutrientes possíveis e, para isso, é bom que a alimentação delas seja variada. Elas também vão gostar de experimentar diferentes texturas e sabores, pois o paladar ainda está em desenvolvimento. 

Se vai oferecer frutas, por exemplo, não compre sempre banana. Ofereça também maçã, laranja, morango etc., dando preferência para as espécies da estação, que costumam ser mais frescas e apetitosas. O mesmo vale para a proteína: um dia frango, no outro peixe, depois um hambúrguer vegetal caseiro etc.

Evite os industrializados

As crianças adoram doces, bolachas e guloseimas, mas o ideal é oferecer esses alimentos o mínimo possível. Eles não são proibidos, mas devem ser escolhidos levando em conta a lista de ingredientes e devem ser oferecidos como exceções, nunca como regra.

Para os lanches da escola, prefira frutas, sanduíches, bolos e biscoitos caseiros. Os derivados de leite, como os iogurtes, também podem ser boas opções, mas vale sempre verificar se a marca escolhida não tem excesso de açúcar ou conservantes. Mesmo entre os industrializados, prefira os alimentos mais naturais possíveis.

Explique as escolhas

Conversar com as crianças para que elas entendam porque não podem comer só batata frita e pizza também é importante. Assim, elas vão ficando menos resistentes aos alimentos que você oferece. É importante explicar numa linguagem simples, usando referências que elas entendam e adequadas para cada faixa etária.

Dê o exemplo

Essa é a última dica da nossa lista, mas também uma das mais importantes. Será mais difícil convencer o seu filho a comer bem, se você mesmo não tem horários e só come besteira. O bom exemplo é fundamental e ainda te ajuda a manter a sua própria saúde em dia.

Deixe uma resposta